18 de setembro de 2020
  • compartilhar:

Nota em defesa ao Guia Alimentar para a População Brasileira

A Abeso (Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica) vem por meio desta manifestar o seu repúdio à NOTA TÉCNICA Nº 42/2020/DAEP/SPA/MAPA que pretende revisar os pilares do Guia Alimentar para a População Brasileira (Brasil, 2014).

A obesidade é um problema grave de saúde pública em todo o mundo e seu crescimento nos últimos anos, especialmente entre as crianças, tem sido atribuído a diversos fatores, entre eles o aumento do consumo de alimentos ultraprocessados e com excesso de sal, gordura e açúcar.

O Guia Alimentar para a População Brasileira, com  rigorosa fundamentação na melhor evidência científica disponível, traduz em linguagem acessível e com ilustrações muito bem feitas a complexa malha de indicadores e fatores essenciais no entendimento mais amplo do que seria uma alimentação saudável.

Privilegia o consumo de alimentos in natura einova pela adoção da classificação dos alimentos pelo grau de processamento, estabelecendo bases sólidas para políticas públicas de educação alimentar. Constitui-se assim em uma referência para a atuação dos diversos profissionais de saúde, incluindo médicos, nutricionistas e outros.

Desde a sua publicação, o documento foi reconhecido por dezenas de entidades internacionais como um dos melhores, mais modernos e completos guias alimentares no contexto de orientação para uma alimentação saudável e sustentável para a população.

Não à toa, o Guia Alimentar para a População Brasileira vem servindo de referência para a criação de documentos análogos a ele em diversos países. E, sem dúvida, é marco balizador do padrão de alimentação saudável para todos os brasileiros.

Afirmar que esse guia “é um dos piores…” é algo desprovido de referências e totalmente desconectado com a realidade do conhecimento que temos sobre alimentação saudável e, sobretudo, da literatura científica relacionada às medidas e aos fatores impactantes para a construção de uma sociedade com maior segurança alimentar, mais saúde e — nós da Abeso não poderíamos deixar de sublinhar — menos obesidade e outras doenças crônicas graves.

Assim, a Abeso reafirma a importância do Guia Alimentar para a População Brasileira como um instrumento fundamental para facilitar a adoção de escolhas alimentares mais saudáveis, tanto no contexto individual, quanto no coletivo. E, ainda, para nortear políticas publicas e ações que tenham verdadeiramente o objetivo de promover a saúde de todos nós.

DIRETORIA DA ABESO

DIRETORIA DA ABESO


comentários

assine nossa newsletter

nome

e-mail

especialidade