14 de dezembro de 2011
  • compartilhar:

Obesos Podem Ter Problemas no Sistema Circulatório

Obesos Podem Ter Problemas no Sistema Circulatório

Estudo realizado em parceria pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) revelou que, dependendo do excesso de gordura, os vasos sanguíneos dos obesos podem entupir até “secar”, levando a uma espécie de pane no sistema circulatório. O processo pode evoluir, chegando ao desaparecimento desses vasos, o que compromete a microcirculação do fluxo sanguíneo, responsável pelo transporte e distribuição do sangue nos tecidos e órgãos.

Os pesquisadores focaram o estudo na epiderme, considerado o mais extenso dos órgãos humanos. O coordenador da pesquisa, Eduardo Tibiriçá, comentou que essa escolha se deu por ser a epiderme “um marcador sistêmico e que serve como uma espécie de janela para observar o que está acontecendo internamente”.

Tibiriçá explica que essa rarefação microvascular ocasiona a redução do fluxo sanguíneo nos vasos, o que provoca lesões em órgãos vitais, como coração, cérebro e rins, ocasionando insuficiência cardíaca, renal e lesões cerebrais. “Na pior das hipóteses, ocasiona a apoptose, que é a morte celular programada”.

Síndrome Metabólica

O estudo Fiocruz/UERJ comparou também os impactos da obesidade sobre a microcirculação vascular entre pessoas que apresentam e outras que não apresentam síndrome metabólica (SM). “Detectamos que os pacientes obesos que tinham síndrome metabólica possuíam muito mais problemas na microcirculação do que em pessoas sem a síndrome”, revelou o coordenador da pesquisa, Eduardo Tibiriçá.

Fonte: Fiocruz


comentários

assine nossa newsletter

nome

e-mail

especialidade