07 de junho de 2021
  • compartilhar:

O alerta da Abeso contra modismos para emagrecer

A obesidade é uma doença crônica, com prevalência crescente no Brasil e no mundo. Por ser uma doença complexa, seu tratamento não é simples. Ele envolve mudança de estilo de vida, com alimentação equilibrada e prática regular de atividade física, requerendo a terapia farmacológica em alguns casos e, nos quadros mais graves, a cirurgia.

No entanto, há muito tempo surgem abordagens com promessas de solução rápida para uma condição tão complexa. Tais abordagens são propagadas tanto por influencers e blogueiros quanto por alguns profissionais da área de saúde. Entre elas, pregando a perda de peso rápida, destacamos programas “milagrosos” de emagrecimento; medicamentos ou suplementos  na linha “seca-barriga”; análises do que seria uma “microbiota do magro”; práticas de jejum; chás fitoterápicos; uso de produtos sem glúten e sem lactose com o objetivo de perder gordura ou, ainda, uso de gordura de coco, entre outros .

São propostas ineficazes. A maioria delas pode, inclusive, trazer riscos à saúde. E muitas vezes são feitas com a única intenção de ajudar na comercialização desses produtos. 

Sendo assim, a Abeso tem o dever de alertar a população de que tais condutas não são recomendadas por diretrizes nacionais e internacionais para o tratamento da obesidade. Se você tem excesso de peso, procure profissionais sérios que tratem a obesidade com responsabilidade e respeito. 

Departamento de Nutrição da Abeso

assine nossa newsletter

    nome
    e-mail
    especialidade